terça-feira, 18 de junho de 2013

Tronos e Reino!




Davi e Jonatas
 "O Senhor faça assim com Jônatas outro tanto; que se aprouver a meu pai fazer-te mal, também to farei saber, e te deixarei partir, e irás em paz; e o Senhor seja contigo, assim como foi com meu pai. E, se eu então ainda viver, porventura não usarás comigo da beneficência do Senhor, para que não morra? Nem tampouco cortarás da minha casa a tua beneficência eternamente; nem ainda quando o Senhor desarraigar da terra a cada um dos inimigos de Davi. Assim fez Jônatas aliança com a casa de Davi, dizendo: O Senhor o requeira da mão dos inimigos de Davi." I Sm 13-16
 
Paz e Graça a todos!

Sei que muitos sentiram falta de uma nova postagem, mas estava esperando inspiração dados os muitos acontecimentos em minha vida. Mas recentemente estava lendo o primeiro livro do profeta Samuel e ao passar pela passagem acima, Deus me fez perceber algo que nas leituras anteriores não consegui enxergar, e quero compartilhar desta revelação bíblica com vocês.

Sem dúvidas estamos enfrentando uma crise na gestão de muitas congregações e denominações é notório que muitos líderes tem perdido a visão que Deus certamente lhe entregara. O que vemos hoje é uma verdadeira guerra para defender interesses próprios em detrimento dos de Deus. Sei que é uma crítica muito dura, mas que precisa ser feita e que nosso povo e principalmente as lideranças meditem no que vou falar em poucas palavras.

No texto que inicia esta postagem fala de um dos personagens mais conhecidos da Bíblia, quem não conhece o menino pastor que com uma pedra e um cajado enfrentou o grande Golias de Gate? Que não leu o Salmo 23? Quem não ouviu falar de como Davi caiu em pecado com Beteseba? Muitas pregações já foram feitas tendo Davi como personagem principal, mas hoje quero que você direcione seu olhar para o outro personagem desta passagem, que falar sobre a atitude de Jonatas, filho de Saul.

Jonatas era filho do rei Saul, ele era um grande guerreiro e sucessor de Saul ao trono de Israel. Jonatas tinha o apoio do povo, pois este muito amava, ele era um herói e não temia os inimigos do povo de Deus. Porém a narrativa bíblica é precisa, Deus tinha rejeitado Saul e havia escolhido outro rei para Israel e parece que dia-a-dia ficava mais notório que Deus escolhera o filho de Jessé. Havia uma situação muito complicada, pois Jonatas deveria ser o sucessor do trono e Saul realmente planejava tal coisa, porém Deus tinha outros planos.
O que me chama a atenção no texto bíblico do início da postagem é que Jonatas faz uma aliança com Davi, ou seja, Jonatas sucessor do trono faz uma aliança com aquele que está tirando seu direito de herdeiro do trono de Israel. Saul em outro momento disse isso a seu filho que ao saber que seu pai queria matar Davi, devido a aliança feita, avisa a Davi e despede-o com sua benção. Vejam só que lindo, enquanto Saul está preocupado com quem vai sentar no trono de Israel, Jonatas está preocupado em fazer com que a vontade de Deus prevaleça sobre Israel, ainda que está vontade signifique a perda de seus diretos de herdeiro.

Que lição para nossos líderes de hoje que em vez de pensar no reino estão a pensar em quem sentará no trono. Muitos lideres hoje forçam a qualquer custo que seu "TRONO" seja herdado pelos seus sem tentar ver se essa é a vontade de Deus. Jonatas mostra alguém que não está preocupado com quem se senta no trono, ele está preocupado em saber o que é melhor para Israel.

Muitos se preocupam com os "TRONOS" das convenções, das igrejas, das posições e não querem sair a nenhum pretexto, muitas vezes maltratando o povo e deixando que a obra de Deus e principalmente SEU POVO sofra em detrimento de suas vontades.

Meu Deus levante líderes como Jonatas que não ligou para seus próprios desejos e posições, porém pesavam no que era o melhor para o REINO. Os "TRONOS" às vezes ficam vazios e sem dono, porém o Reino já tem dono. o melhor para Israel não era Saul, o melhor para Israel não era Jonatas, o melhor para Israel não era Davi, o melhor para Israel é estar dentro da vontade de Deus, se esta é que Saul seja o rei, que seja, se a vontade de Deus é que Jonatas seja o rei, que seja, mas se a vontade de Deus é que Davi seja o rei que assim seja feito. Que não seja nossos desejos que digiram a obra de Deus mais que a sua soberana vontade seja refletida em nossas vidas hoje e sempre.

Que Deus continue lhes abençoando em Cristo Jesus nosso Senhor e Mestre.


sexta-feira, 7 de junho de 2013

Cruzada IDE em Sítio Lucas!


 PARTICIPE E CONTRIBUA COM A EVANGELIZAÇÃO DE NOSSO MUNICÍPIO!