quarta-feira, 31 de julho de 2013

Quando as ondas veem ...

Ondas


"Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam." Sl 23.4

Paz e graça!

PRECISAMOS CONFIAR NO SENHOR EM QUALQUER CIRCUNSTÂNCIA DA VIDA!

Inicio com esta declaração que é um princípio de cristão. Crer em Deus quando tudo vai bem, quando todas as nossas expectativas estão sendo satisfeitas, quando aquilo que planejei está dando certo é muito fácil, mas e quando tudo parece estar dando errado, quando aparentemente não consigo ver o amanhã, quando minhas expectativas não estão sendo satisfeitas, quando parece que Deus me abandonou?

No texto acima, vemos uma declaração de confiança ao extremo, o salmista disse "Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum,..." veja que a confiança é plena em uma circunstância muito difícil, quando estamos no "vale", mas não em qualquer tipo de vale e sim "vale da sombra da morte". Imagine um vale de sombras e de morte, um vale que coloca em risco minha própria vida, um vale que coloca em risco meus sonhos e realizações, um vale onde eu não tenho o domínio da situação, um vale onde meus dons e força não podem resolver um vale onde meus amigos não podem estar, ou pior me abandona, um vale de MORTE. É neste vale que o salmista disse que "não temeria mal algum", isso é confiança inabalável.

Muitos outros heróis da bíblia fizeram isso:

Jó - Perdeu toda a riqueza que tinha, porém não deixou de crer que "seu redentor vive".
Abraão - Que deixou toda a sua história de vida em Ur e saiu em obediência à voz que dizia "sai do meio da tua parentela”.
Gideão - Que com o mínimo venceu aqueles que achavam que tinham muito.
Daniel - Que por sua fé não teve medo de enfrentar uma cova cheia de leões.
Elias -  que enfrentou a perseguição do malvado rei para que pudesse mostrar que é o verdadeiro Deus de Israel.
Os apóstolos, Paulo, Silas, Barnabé e tantos outros que decidiram confiar em qualquer circunstância em Deus. 

Para finalizar trago uma pequena analogia que me inspirou escrever este post.

 Imagine que você está em uma praia e decide tomar um belo banho de mar, assim que você entra no mar a primeira coisa que vem ao seu encontro são as ondas, então você que já é muito acostumado com elas vai e mergulha por baixo da onda e espera ela passar, quanto maior for a onda mais tempo você demorará a estar debaixo da onda em espera para que ela passe sem lhe atingir.

Bem, da mesma forma, quando as ondas vierem lhe atingir, mergulhe e espere, não esqueça de que toda a onda vem e passa, pode ser grande ou pequena ela passa, Jesus disse certa vez " Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo." Jo 16.33. Deixe a onda passar e confie Naquele que pode fazer você passar em segurança pelos vales que sobrevém sobre sua vida.

Na paz do Mestre, Marcos Gama

quinta-feira, 25 de julho de 2013

Se estás fraco ...

"Se te mostrares fraco no dia da angústia, é que a tua força é pequena." Pv 24.10

Paz e graça a todos os nossos visitantes que Deus continue derramando bênçãos sem medida em vossas vidas em Cristo.

Hoje queremos falar um pouco sobre quando estamos nos sentindo fracos e abatidos, quando parece que perdemos a direção e não sabemos o que fazer. Parece estranho que em um blog cristão tem um tema destes, mas é bom lembrar que os cristãos são pessoas que passam por lutas e provações e como seres humanos eles têm lutas espirituais e acabam atingindo seu psicológico e as emoções, porém uma coisa é diferente dos demais, é que o cristão sabe que não está só.

Lutas...

A Igreja de Cristo sempre atravessou muitas lutas, desde seu nascimento até o último dia de sua existência neste planeta, ela passa e passará por lutas. Quando eu falo igreja, não estou me referindo aos templos, mas as pessoas que nestes templos estão.

Estas lutas são advindas de vários fatores, porém a maior explicação para elas é porque vivemos em um mundo que segundo a palavra de Deus "está no maligno" I Jo. 5.19b, isto é, as consequências do pecado são otimizadas pela influência maligna para trazer dores ao ser humano e travar aqueles que amam a Deus. 

PORÉM . . .

NÃO ESTAMOS SÓS ...

Jesus já tinha nos avisado que passaríamos por tribulações, mas que deveríamos ter "bom ânimo", bom ânimo por que Ele está conosco, bom ânimo por que há promessas feitas por Deus para nós, bom ânimo por que Ele é fiel, bom ânimo por que certamente venceremos. 

E AGORA PRECISAMOS SOMENTE CRER!

Sei que em meio às tribulações da vida os gigantes parecem ser maiores do que eles realmente são, mas temos uma saída, pois a Bíblia diz que "há um maior conosco do que com ele." II Cr 32.7c. As lutas não são para nos derrotar, mas para entendermos que não estamos sós. Por isso creia que em meio as suas lutas há um que peleja por você e que você não será deixado só "ele não permitirá que vocês sejam tentados além do que podem suportar Mas, quando forem tentados, ele mesmo providenciará um escape, para que o possam suportar. " I Co. 10 .13b. Creia nesta promessa e um dia quando você lembrar-se dessas lutas vai ver que elas serviram para fortalecer sua , "TENDO sido, pois, justificados pela fé, temos paz com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo; Pelo qual também temos entrada pela fé a esta graça, na qual estamos firmes, e nos gloriamos na esperança da glória de Deus. E não somente isto, mas também nos gloriamos nas tribulações; sabendo que a tribulação produz a paciência, E a paciência a experiência, e a experiência a esperança." Rm 5.1-4

Força você não vai cair!

Paz!

segunda-feira, 8 de julho de 2013

Como fazer missões?



Paz e graça a todos os visitantes do blog marcosgamamv.blogspot.com.br. 

Que Deus continue abençoando suas vidas e que este blog possa ser um veículo de bênção sobre sua história. 

Quero falar um pouco sobre missões ....

Porque a Escritura diz: Todo aquele que nele crer não será confundido. Porquanto não há diferença entre judeu e grego; porque um mesmo é o Senhor de todos, rico para com todos os que o invocam. Porque todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo. Como, pois, invocarão aquele em quem não creram? e como crerão naquele de quem não ouviram? e como ouvirão, se não há quem pregue? E como pregarão, se não forem enviados? como está escrito: Quão formosos os pés dos que anunciam o evangelho de paz; dos que trazem alegres novas de boas coisas.
 Rm 10 11-15




Acredito que a resposta a esta pergunta pode ser feita pontuando algumas ações que jamais poderiam ser esquecidas. Fazemos missões assim:




  1. Tendo recebido a transformação feita pelo Evangelho – II Co.5.17
  2. Sendo realmente autênticos cristãos – Mt 5.14-16
  3. Vivendo sua palavra – Mt 7. 24-27
  4. Entendendo que tudo que sou e que tenho pertence a Cristo – Rm 11.36
  5. Que o amor de Cristo me impede de olhar somente para mim e me ínsita a amar a quem está do meu lado – I Jo 4.11
  6. Não importa quão longe esteja uma pessoa que não conhece a Cristo, eu quando Igreja preciso alcança-la – Mt 28.19-20; At 1.8
  7. Compreendendo que as almas que estão no meu alcance são tão preciosas quanto as que estão nos confins da terra e vice-versa – Ez 18.4
  8. Saber que não é por que todas as pessoas da minha cidade ainda não conhecem a Cristo que não tentarei ir ou enviar alguém além das fronteiras de meu País – At 13. 46
  9. Saber que é Deus quem escolhe quem vai e quem fica, porém ambos têm a mesma ordem a cumprir – Ef 4.11
  10. Saber que a igreja local é um lugar de transformação, fortalecimento, capacitação, envio e sustento – Ef 1.3
  11. Os dons e talentos concedidos serão cobrados – Mt 25. 15
  12. Todos podem fazer sua parte – I Co 12. 1-11
Não importa onde, não importa quando, não importa o porquê, não importa quanto, não importa a estratégia é necessário que todos os homens venham a conhecer a Cristo!

O nosso alvo é os confins da TERRA... 

Sei que muita coisa poderia ainda ser dito, mas acredito que o exposto é o suficiente para  nosso entendimento.
 
Para meu companheiro de ministério Henry in memorian, vá em paz irmão!