quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

UM NOVO CICLO SE INICIA!

“Tudo quanto te vier à mão para fazer, faze-o conforme as tuas forças, porque na sepultura, para onde tú vais, não há nem projeto, nem conhecimento, nem sabedoria alguma.” Ec 9.10

Paz do Senhor a todos os nossos assíduos leitores, obrigado por mais um ano juntos aqui neste canal de crescimento e reflexão espiritual. Espero que O Senhor tenha lhe abençoando e você esteja chegando no final deste ano cheio de grandes realizações. Para concluir este ano, trago uma postagem sobre os ciclos da vida e espero que este tema possa ajudar você a planejar bem o próximo ano, ok? Que Deus te abençoe poderosamente em Cristo. 

Tudo na vida é feito de ciclos, há vários ciclos existenciais durante nossa jornada nesta existência. A infância, adolescência, a fase adulta a velhice estão dentre os tantos ciclos que estamos sujeitos. Há ciclos que não podem ser alterados e há ciclos que não só mudamos como planejamos.

Cada novo ciclo é uma nova possibilidade e talvez grandes oportunidades. O ano que se finda, leva juntamente com ele muitas possibilidades e oportunidades, fato este que neste período já estamos a lamentar. Foram 365 dias em que reais possibilidades apareceram, algumas se transformaram em grandes oportunidades, outras em grandes frustrações e outras ainda em rais derrotas, assim nosso currículo de vida conclui o ano com pódios e aprendizados.

Porém um novo ciclo se inicia, mais 365 dias e muitas possibilidades, ou seja, situações que PODEM promover algo, quer seja bom quer seja ruim, mas serão apenas POSSIBILIDADES, nada além disso. Essas POSSIBILIDADES fazem parte do ciclo da vida de cada um, mas cuidado, elas podem se transformarem em lindas e preciosas OPORTUNIDADES ou em desastres, e isso vai depender de seu projeto pessoal de vida.

Salomão no Livro de Eclesiastes no capitulo 9 e versículo 10 nos dá um grande conselho para quem está iniciando um novo ciclo, “Tudo quanto te vier à mão para fazer, faze-o conforme as tuas forças...” ou seja, não desperdice as POSSIBILIDADES e com todas as tuas forças trabalhe nelas para que as mesmas sejam transformadas em grandes OPORTUNIDADES na sua vida. A POSSIBILIDADE de um namoro pode se transformar em uma linda OPORTUNIDADE para se ter uma família, a POSSIBILIDADE de uma entrevista de emprego pode se transformar em uma grande OPORTUNIDADE de uma carreira, a POSSIBILIDADE de reencontrar seu velho pai, pode ser a última OPORTUNIDADE de lhe pedir perdão ou dizer que o ama.

Estamos prestes a iniciar um novo ciclo e com eles muitas POSSIBILIDADES. Mas como transformar POSSIBILIDADES em grandes OPORTUNIDADES? Através de um plano de vida com um objetivo bem definido.

Todo grande projeto tem um objetivo, assim, quando seu objetivo é centrado em você e em seus interesses pessoais demonstra que sua vida é centrada em você, e isso geralmente causa frustrações e as POSSIBILIDADES são transformadas em futuros fracassos. Todavia, quando nosso objetivo maior é “FAZER TUDO PARA A GLÓRIA DE DEUS”, temos alguém que nos conduzirá em triunfo.

Um novo ciclo, novas POSSIBILIDADES, talvez grandes OPORTUNIDADES, mas sempre o mesmo objetivo A GLÓRIA DE DEUS, e se assim for teremos no final deste ciclo mais alegrias do que arrependimentos.


Na paz do amado de nossas almas, Jesus!

sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

OS PROPÓSITOS DEFINEM AS AÇÕES!

“buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e TODAS estas coisas serão acrescentadas.” Mt 6.33
Paz do Senhor, tudo bem? Vamos para mais uma reflexão.
Nossas vidas precisam de direção!
Uma vida sem direção, significa que para esta pessoa falta um propósito, pois este define quais caminhos devemos seguir, isto acontece em qualquer área da vida, quer seja conjugal, financeira, relacional, acadêmica e pessoal. O propósito de vida é a norma central do ser humano e é a partir dele que são gerados os conceitos que norteiam nossas ações e estas, por sua vez, produzem as consequências, boas ou más.
Um propósito é definido por aquilo que é a razão das nossas vidas, o fim último de nossos mais íntimos desejos, assim, este propósito não pode ser volátil, ele necessita de uma firme estrutura para garantir segurança.
O propósito que Deus nos presenteou é a vivência no seu Reino e os reflexos dele através da justiça do Reino. Este propósito define todos os conceitos necessários para a verdadeira felicidade. Quando o objetivo maior da minha existência é O Reino de Deus, eu desfruto dos benefícios deste reino como a justiça, o amor, a bondade, o perdão e a vida eterna de Deus. vivência neste Reino possibilita que eu possa ser gerenciado pelo Espírito de Deus, semeando boas ações na minha vida e tendo a linda recompensa de viver em Paz com Deus (Rm 5.1)
Este propósito norteia minhas decisões, minhas emoções, e minhas colheitas e principalmente meu destino eterno. Este mesmo propósito me dá sentido de vida e força para lutar contra as adversidades, este mesmo propósito, que é alimentado diariamente com A palavra de Deus e Orações formam em mim um novo homem, não mais com medos das inseguranças da vida, mas com a convicção da presença graciosa do Senhor.
Paz em Cristo.
Marcos Gama


quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

JESUS É O SEU NATAL!

“E, no sexto mês, foi o anjo Gabriel enviado por Deus a uma cidade da Galiléia, chamada Nazaré, A uma virgem desposada com um homem, cujo nome era José, da casa de Davi; e o nome da virgem era Maria. E, entrando o anjo aonde ela estava, disse: Salve, agraciada; o Senhor é contigo; bendita és tu entre as mulheres. E, vendo-o ela, turbou-se muito com aquelas palavras, e considerava que saudação seria esta. Disse-lhe, então, o anjo: Maria, não temas, porque achaste graça diante de Deus. E eis que em teu ventre conceberás e darás à luz um filho, e pôr-lhe-ás o nome de Jesus.” “E subiu também José da Galiléia, da cidade de Nazaré, à Judéia, à cidade de Davi, chamada Belém (porque era da casa e família de Davi), A fim de alistar-se com Maria, sua esposa, que estava grávida. E aconteceu que, estando eles ali, se cumpriram os dias em que ela havia de dar à luz. E deu à luz a seu filho primogênito, e envolveu-o em panos, e deitou-o numa manjedoura, porque não havia lugar para eles na estalagem.” “Pois, na cidade de Davi, vos nasceu hoje o Salvador, que é Cristo, o Senhor. Lc 1.26-31; 2.4-7,11

Paz e graça! Desculpem pela demora em postar mais posts, mas como já falei, as postagens são feitas a partir do que O Senhor me dá, e hoje quero compartilhar um dos primeiros textos que O Senhor me deu, antes mesmo de ter este blog. Espero que este texto um pouco confuso até, traga crescimento para você. Este texto tem quase 15 anos que foi escrito.

Natal, a festa cristã mais esperada por todos,  época dos presentes, da ceia com aquele peru bem assado, visitar e ser visitado. Também é o período que mais acontece as “campanhas” de auxilio aos necessitados. Na TV exibe filmes graciosos, com temas apelativos ao amor, piedade e bondade, sem falar das programações de final de ano costumeiras, cada emissora tentando ultrapassar a outra, ou seja, o trivial natalino anual. Mas queria fazer uma pergunta aos leitores, o que é o natal, ou mesmo o que significa o natal para a cristandade?

Tendo por base o texto bíblico deste post, quero externar o verdadeiro sentido natalino, sem me deter nas “teorias” do falso natal, da data incerta do nascimento ou mesmo da data ser oriunda da cultura pagã.
A importância desta festa não está nos presentes, e quero dizer que é sempre bom receber presentes e ver o rosto de alegria de quem recebe, não está nas campanhas, que, aliás, são importantes e necessárias. O significado do Natal é individual, pois trata do que Jesus representa e a necessidade de sua missão aqui na terra.

Nos dias do nascimento de Jesus, existia uma profecia contida no livro de Isaías que anunciava o seguinte: “Portanto o mesmo Senhor vos dará um sinal: Eis que a virgem conceberá, e dará à luz um filho, e chamará o seu nome Emanuel. Is 7.14, profecia esta que expressa à vontade de Deus em visitar seu povo e dar livramento a Israel. O nome “EMANUEL”, que significa Deus conosco, revelava que Deus estaria no governando o povo Judeu e de toda a terra, ou seja, o nascimento de Jesus noticiava a libertação judaica e o governo do Filho de Davi, e que Deus O Senhor estaria com seu povo. Era um sinal de restauração completa, não apenas para os judeus, mas toda a terra. A criação contemplaria a nova era do Filho de Deus, que iria pagar TODOS os pecados da nação e dos demais que se encontravam distantes do Deus de misericórdia.

A grande espera deste momento revelava que Jesus era O CRSITO, ou MESSIAS! Havia muitas promessas que estavam sendo aguardadas com seu nascimento e elas podem ser vistas na anunciação do anjo a Maria em Nazaré, e na noite do nascimento aos pastores nas colinas de Belém, conforme o texto acima, que anunciava o perdão de Deus “Pois, na cidade de Davi, vos nasceu hoje o Salvador, que é Cristo, o Senhor. O nascimento de Jesus revela que a esperança chegou, ainda que os judeus não entendessem esta vinda, pois ela seria concluída com a morte de cruz.

Certamente o nascimento sobrenatural de Cristo é a maior festa de todo o mundo, mas quando festejamos sem entendimento do real significado, a festa pode perder sua importância e migrar para outros sentidos e significados, como quando comemoramos algo que não sabemos o porquê da festa.

O natal tem um significado individual, pois Jesus continua querendo nascer em corações, trazendo o significado real que é a libertação. Assim como Maria disse que O Senhor podia fazer a sua vontade na vida dela, nós precisamos nos submeter à vontade de Deus para as nossas vidas ainda que não a entendamos. Que como os pastores em Belém, possamos ver os anjos nos anunciando que “nasceu O SALVADOR”.

Na paz do Mestre Jesus! Bom Natal.


quarta-feira, 29 de novembro de 2017

OS MUROS DA SANTIDADE

“Desde acima da porta dos cavalos repararam os Sacerdotes, cada um defronte da sua casa. Ne 3.28

Paz do Senhor aos visitantes do nosso blog! Desculpem a demora em postar outro texto, mas é que as vezes falta inspiração e quero que as postagens possam fazer a diferença na vida de quem ler, por isso só publico algo quando sinto de Deus escrever e creio que Deus lhes abençoa.

Então, se este post ou outro qualquer, O Senhor usou para lhe abençoar, deixe seu comentário e compartilhe ok.

Então vamos lá.

Os muros da santidade....

Quando lemos o livro de Neemias, temos que ter em mente a historicidade por trás dele. É bom lembrar que o povo de Israel havia passado 70 anos cativos na Babilônia, devido sua idolatria e que segundo a misericórdia do Senhor, usando o próprio Jeremias, prometeu que eles retornariam a sua pátria. Isso aconteceu depois que os babilônicos foram derrotados pelos Medos/Persas e no primeiro ano do reinado de Ciro, o persa, O Senhor Deus dos Exércitos, deu ordem de retorno a Jerusalém (II Cr 36, 23).

Zorobabel e Jesua o sacerdote, sobem com o primeiro grupo de cativos, concluindo o templo e depois de 60 anos, Esdras sobe com mais um grupo de cativos, iniciando uma grande reforma de arrependimento e confissão de pecados. Por fim, Neemias sobe a Jerusalem 15 anos depois da chegada de Esdras para reconstruir os muros, pois até então o povo estava a mercê dos inimigos que entravam e saíam da cidade quando bem queriam, levando perigo e más influências.

Neemias ordena que todos os judeus residentes em Jerusalém se apliquem na reconstrução dos muros, pois estes dariam a segurança e a separação dos demais povos da região.

Segundo o versículo deste texto, vemos que cada um construiu a parte do muro que estava defronte de sua casa, e este fato serve de grande lição para nossas vidas, pois cada um de nós somos responsável em fazer um muro de proteção para nossa casa e família, e este muro é a SANTIDADE.

Cada pai e mãe é responsável em manter sua casa santa para honra do Senhor, é um trabalho organizado pelo Senhor Jesus e coordenado pelo Espírito Santo, mas quem deve tomar a atitude de levantar este muro é individual. Há muitas famílias sendo atingidas por flechas do maligno, devido o muro da santidade está caído. Muitas famílias negligenciam a oração, a leitura da Palavra de Deus, deixam de ir aos cultos e a escola dominical em família deixando o muro caído.

Hoje é dia de reedificação e O Neemias Espírito Santo nos conclama a edificarmos o muro que cuida da Igreja, começando em nossas casas.

Paz do Senhor;


quinta-feira, 9 de novembro de 2017

ONDE ESTÃO OS HOMENS SEGUNDO O CORAÇÃO DE DEUS? ÚLTIMA PARTE

"... levantou-lhes como rei a Davi, ao qual também deu testemunho, e disse: Achei a Davi, filho de Jessé, homem conforme o meu coração, que executará toda a minha vontade."  At 13.22

Paz do Senhor a todos os nossos leitores que amam aprender e meditar nas Escrituras.

Hoje concluiremos a série de postagens sobre o tema "ONDE ESTÃO OS HOMENS SEGUNDO O CORAÇÃO DE DEUS?", espero que O Senhor tenha lhe abençoado com essas postagens. Esta última postagem vai revelar porquê Davi era um homem segundo o coração de Deus, então vamos lá.

“...que executará toda a minha vontade.”

Davi era um homem segundo o coração de Deus porquê tinha como meta de vida fazer “...toda a minha vontade.”. Muitos querem servir a Deus, mas nem todos se entregam sem reservas. A grande maioria dos que se dizem servos de Deus, não querem fazer TODA  a vontade do Senhor, pois sempre teem algo que não querem deixar ou entregar.

Fazer TODA a vontade é a atitude de quem é servo, de quem depende, de quem está sob autoridade, de quem tem dono. O servo não faz o que quer, o servo faz o que seu senhor ordena. O servo fica a mercê de seus senhores para tudo, é como ilustra o Salmo 123, verso 2 que diz “Assim como os olhos dos servos atentam para as mãos dos seus senhores, e os olhos da serva para as mãos de sua senhora, assim os nossos olhos atentam para o SENHOR nosso Deus, até que tenha piedade de nós..

O nosso Mestre e Salvador Jesus nos ensinou com seus sermões e sua vida exatamente esta verdade, e até mesmo na celebre oração conhecida como PAI NOSSO, O Senhor diz “Portanto, vós orareis assim: Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome; Venha o teu reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu;” Mt 6.9,10 e O Senhor mesmo demonstrou de forma contundente como fazer isso ao se humilhar e assumir a forma de servo “De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus, Que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus, Mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens; E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz.” Fp 2.5-8 ensinou aos discípulos quando eles queriam destaque “Levantou-se da ceia, tirou as vestes, e, tomando uma toalha, cingiu-se. Depois deitou água numa bacia, e começou a lavar os pés aos discípulos, e a enxugar-lhos com a toalha com que estava cingido. Aproximou-se, pois, de Simão Pedro, que lhe disse: Senhor, tu lavas- me os pés a mim?” Jo 13.4-6. Bem são muitos os exemplos que O próprio Senhor Jesus nos deu, porém o mais notório foi em seu momento de maior angustia no Getsêmani quando intercedia por todos os homens “E, indo um pouco mais para diante, prostrou-se sobre o seu rosto, orando e dizendo: Meu Pai, se é possível, passe de mim este cálice; todavia, não seja como eu quero, mas como tu queres.” Mt 26.39

Precisamos de “Davis” nesta geração, não apenas aqueles que queiram a unção de rei, mas não queiram um coração de servo. Precisamos de homens que desejem os tronos mas não tenham medo de enfrentar os “Golias”. Esta geração grita por aqueles que consigam ouvir as multidões melodiando o seguinte “E as mulheres dançando e cantando se respondiam umas às outras, dizendo: Saul feriu os seus milhares, porém, Davi os seus dez milhares.” I Sm 18.7, mas não queiram matar seus senhores.


Realmente precisamos de HOMENS SEGUNDO O CORAÇÃO DE DEUS, QUE FAÇAM TODA A SUA VONTADE!

Na Paz do Mestre!


sexta-feira, 3 de novembro de 2017

ONDE ESTÃO OS HOMENS SEGUNDO O CORAÇÃO DE DEUS? PARTE 3

... levantou-lhes como rei a Davi, ao qual também deu testemunho, e disse: Achei a Davi, filho de Jessé, homem conforme o meu coração, que executará toda a minha vontade.  At 13.22

Paz do Senhor a todos os nossos leitores. Espero que estes posts sobre o tema "ONDE ESTÃO OS HOMENS SEGUNDO O CORAÇÃO DE DEUS?", esteja abençoando suas vidas. Hoje vamos dar continuidade ao tema e nossa oração que O Senhor continue lhes abençoando poderosamente em Cristo.


“...homem conforme o meu coração,...”

Davi era um homem conforme o coração de Deus. Ele era um homem, emocionalmente e fisicamente estruturado. Era um homem, porquê aprendeu a trabalhar, a lutar, a vencer as adversidades, a buscar seus objetivos, não se importar com os que não acreditavam nele, Davi realmente era um homem. Muitos hoje, apesar de serem do sexo masculino, não são homens de verdade, pois suas ações infantis denunciam que não crescerem, não lutam, não buscam, desistem fácil dos seus sonhos e projetos e principalmente, não teem coragem de publicar que acreditam e vivem para Deus. Davi era um homem de convicções, pois aprendeu a transformar sua fé em ações que glorificavam Ao Senhor.

O Coração de Davi vivia uma conformidade diferente dos demais jovens e homens de sua geração, pois quando O Senhor diz que Davi era um homem conforme o seu coração, era por que os valores que norteavam a vida de Davi vinham de sua comunhão com Deus.

As atitudes dos homens advêm dos valores que norteiam suas vidas, são como frutos que denunciam de qual árvore eles são oriundos.  No Livro de provérbios tem um versículo que ilustra bem esse entendimento, pois diz a seguinte afirmativa “Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem às fontes da vida.” Pv 4.23, em outra passagem bíblica O Senhor Jesus declara que de dentro de nós vem as más ações “Mas, o que sai da boca, procede do coração, e isso contamina o homem. Porque do coração procedem os maus pensamentos, mortes, adultérios, fornicação, furtos, falsos testemunhos e blasfêmias.” Mt 15.18,19. Veja que aquilo que temos dentro de nós determina as ações, boas ou más, que fazemos, Davi era cheio de Deus, em vários Salmos ele explicita seu amor, confiança, dependência e desejo por Deus ao ponto de se comparar com uma ovelha e fazer do Senhor o seu pastor (Sl 23).

Como está o seu coração? Ele é alimentado com o quê? O que é que alimenta suas ações? Por quem seu coração é apaixonado? Cuidado com o quê seu coração é cheio! Em outra passagem das Escrituras, Paulo nos alerta que não podemos nos conformar com este século, que é uma ilustração dos valores mundanos e passageiros (Rm 12).

Davi vivia em conformidade com a vontade do Senhor, ele amava Ao Senhor e tudo que advinha de sua graça quando expressava os seguintes versos de Salmos “Confia os teus cuidados Ao Senhor, e ele te susterá; jamais permitirá que o justo seja abalado.” Sl 55.22; “Eis que Deus é o meu ajudador, O Senhor é quem me sustenta a vida.” Sl 54 4; “Esperei confiantemente pelo Senhor; Ele se inclinou para mim e me ouviu quando clamei por socorro.” Sl 40.1; e um dos versos que eu mais gosto é “ Entrega o teu caminho Ao Senhor, confia Nele, e o mais Ele fará.” Sl 37.5. Certamente, Davi era um homem segundo o coração de Deus!

O que caracteriza um homem segundo o coração de Deus?


Acho que a ultima parte do versículo em estudo pode nos responder.

Continua...

Paz e Graça.


terça-feira, 24 de outubro de 2017

ONDE ESTÃO OS HOMENS SEGUNDO O CORAÇÃO DE DEUS? PARTE 2

... levantou-lhes como rei a Davi, ao qual também deu testemunho, e disse: Achei a Davi, filho de Jessé, homem conforme o meu coração, que executará toda a minha vontade.  At 13.22

Paz do Senhor aos visitantes do nosso blog de estudo cristão. Hoje iremos dar continuidade sobre a temática "ONDE ESTÃO OS HOMENS SEGUNDO O CORAÇÃO DE DEUS?" É um apelo a igreja, precismos destes homens, asim vamos para a segunda parte.

“...Achei a Davi...”

Só O Senhor consegue enxergar o que muitos nem se dão conta, foi O Senhor que observou a Davi em meio as ovelhas de Jessé, foi O Senhor que contemplou a Davi em meios as lutas com o urso e o leão e somente O Senhor conhecia o intimo deste pequeno pastor de Belém.

Deixe lhe dizer uma coisa, O Mesmo Senhor que ACHOU a Davi continua procurando pessoas que possam desejar a mesma intimidade e ter a mesma confiança que o filho de Jessé depositava em Deus.

Pessoas que em meio as suas guerras pessoais aprenderam a depositar sua confiança no Senhor. Não sei se Jessé estava ciente que Davi enfrentara um urso e um leão, sei que Davi estava só quando essas guerras aconteceu e segundo a graça do Eterno Pai, Davi teve vitórias. Do mesmo modo, talvez seus pais não saibam das guerras que você está enfrentando, talvez seu marido ou esposa, ou parente não conhecem as suas dores e lutas, porém O Senhor está lhe vendo e amando sua dedicação e confiança em meio as suas guerras mais intimas.

“... filho de Jessé,...”

Davi tinha uma família, Davi tinha uma historia. Não sei se Davi achava sua família ideal, ou se era família de seus sonhos, porém ele tinha uma família. O Seu pai Jessé não se lembrou de convidar ao seu filho mais moço que estava com as ovelhas quando o profeta Samuel veio fazer uma ceia em sua casa. E observando o texto, também não vejo nenhum de seus irmãos fazendo menção para que alguém vá chamar a Davi, ou seja, simplesmente desconsideraram a necessidade de chamar ou mesmo lembrar de Davi.

As vezes nossas famílias nos deixam muitas dores e frustrações, porém em apenas ter uma já nos garante que teremos um lugar para ser convocados. Sei que há muitas pessoas que têm dificuldades de relacionamento e muitos desejam até fugir de suas famílias por diversos e loucos motivos, porém eles têm uma história, ainda que não seja a mais ideal, ainda que não seja a perfeita ou como a do vizinho ou do colega de classe, mas a sua família é mais importante de suas vidas e a partir dela O Senhor vai lhe exaltar.

Sua família é a base estrutural para toda a sua vida. Em meio as lutas e dificuldades em sua família O Senhor vai proporcionar as experiências que lhe ajudarão a vencer as dificuldades em outros momentos de sua história. Não despreze aqueles que te desprezam, não se esqueça daqueles que se esqueceram de você, não humilhe que te humilhou, pois certamente quando O Senhor te abençoar, essas mesmas pessoas vão precisar de você e é para isso mesmo que Deus permite as situações que você está passando.

O Filho de Jessé foi encontrado por Deus, e você também o será!

Continua...

Paz e Graça


sexta-feira, 20 de outubro de 2017

ONDE ESTÃO OS HOMENS SEGUNDO O CORAÇÃO DE DEUS? PARTE 1

... levantou-lhes como rei a Davi, ao qual também deu testemunho, e disse: Achei a Davi, filho de Jessé, homem conforme o meu coração, que executará toda a minha vontade.  At 13.22

Paz do Senhor, bem vindos a mais uma reflexão que mudará a sua vida!

Certamente a história do pastor de ovelhas de Belém de Judá é a mais conhecida no meio do povo que conhece ou pelo menos ouve as Escrituras. É fato que a história de Davi e Golias constantemente está sendo contada nas classes de estudos bíblicos para crianças, adolescentes, jovens e em muitos púlpitos ela desperta e incentiva aos ouvintes.

Davi, irmão mais moço de uma família de sete irmãos, filhos de Jessé, é um dos personagens mais contundentes das Escrituras, sua trajetória é citada e lembrada com orgulho por todo o povo Judeu, bem como a Igreja cristã.

Sua ascenção ao trono de Israel, sua luta com o gigante filisteu, o respeito adquirido por todo o exército de Saul, bem como o carinho dedicado a ele pelo próprio filho do primeiro rei de Israel, ilustra como O Senhor Deus lhe abençoou.

O próprio Deus asseveradas vezes faz promessas e lhe abençoa, em meio as suas maiores conquistas e derrotas. Davi por vezes é citado como “...homem conforme o meu coração...” diz O Senhor.

Mas como alguém com um histórico de Davi, pode ter da parte do Senhor, este título tão memorável se em sua biografia vemos tantas falhas, quedas e erros? Outra questão será que em nossa geração alguém pode ter do Senhor a mesma atenção?

No texto bíblico deste pequeno artigo nos trás uma informação que fornece uma pista onde acredito poder ser o embrião para as respostas as questões levantadas anteriormente, quando o texto diz que:


Achei a Davi, filho de Jessé, homem conforme o meu coração, que executará toda a minha vontade.

Na Paz do Mestre..

CONTINUA . . .



segunda-feira, 25 de setembro de 2017

O PROBLEMA DOS PRIMEIROS ASSENTOS

“E aproximaram-se dele Tiago e João, filhos de Zebedeu, dizendo: Mestre, queremos que nos faças o que te pedirmos. E ele lhes disse: Que quereis que vos faça? E eles lhe disseram: Concede-nos que na tua glória nos assentemos, um à tua direita, e outro à tua esquerda.” Mc 10.35-37

Paz do Senhor a todos os visitantes do nosso blog. Hoje temos mais uma meditação que espero que lhe abençoe.

Quem não quer ter destaque? Quem não quer ser reconhecido e  evidenciado? Há pecado em querer ser reconhecido?

No mundo hodierno vivemos constantemente estimulados a vencer limites, quebrar índices e conquistar pódios. Em uma sociedade que estimula as disputas e o ter, somos ensinados a dar o nosso melhor e conquistar nossos sonhos e projetos. Sempre estamos querendo passar de fase, ir para o próximo nível e derrotar o oponente seguinte que está em meu caminho.

Para alguns querer crescer e construir algo para sua vida ou família é pecado, ou mesmo soberba, espírito altivo/egoísta. É bem verdade que em algumas situações isso realmente acontece, todavia, sabemos que crescer e produzir são necessidades inerentes do ser humano, pois o Próprio Deus quando estava criando o homem, determinou que este dominasse a terra: “E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou. E Deus os abençoou, e Deus lhes disse: Frutificai e multiplicai-vos, e enchei a terra, e sujeitai-a; e dominai sobre os peixes do mar e sobre as aves dos céus, e sobre todo o animal que se move sobre a terra” Gn 1.27,28. 

Não, realmente o problema não é querer produzir, construir ou mesmo dominar, precisamos entender que O Senhor se agrada quando trabalhamos e conquistamos, produzimos e dominamos.

O problema é quando este desejo de conquista é transvestido de maldade e egoísmo maligno. No texto bíblico, que inicia este artigo, vemos que dois dos discípulos de Cristo fazem uma solicitação bem diferente das que anteriormente foram feitas, o desejo dos dois filhos de Zebedeu era “... Concede-nos que na tua glória nos assentemos, um à tua direita, e outro à tua esquerda. . Ao olharmos com cuidado este pedido conseguimos entender o que está implícito e quais as consequências para seus correligionários, vejamos que:

Quando alguém que faz parte de um grupo, solicita que seja colocado em destaque em demérito dos demais mostra que:

1.      Se sente superior aos demais;
2.      Tem a impressão que é mais capacitado que os demais;
3.      Que os outros são inferiores a ele;
4.      Que somente sua ascensão é benéfica e as demais prejudicial;
5.      E caso outros sejam colocado em evidência haverá problemas para os demais;
6.      Geralmente um pensamento individualista destrói a unidade;
7.      A individualidade egoísta destruirá a motivação da coletividade e insurgirá o desejo de destruição aos contrários;
8.      Tomar os primeiros lugares pelas intrigas, politicagens, soberba ou mesmo estratégias demonstram falta de caráter;
9.      Os primeiros lugares determinam reconhecimento e não superioridade;
10. Demonstra claramente o pecado dentro do coração humano, que o instiga a destruir os outros;

Jesus já havia ensinado sobre isso usando uma parábola sobre os primeiros assentos “E disse aos convidados uma parábola, reparando como escolhiam os primeiros assentos, dizendo-lhes: Quando por alguém fores convidado às bodas, não te assentes no primeiro lugar; não aconteça que esteja convidado outro mais digno do que tu; E, vindo o que te convidou a ti e a ele, te diga: Dá o lugar a este; e então, com vergonha, tenhas de tomar o derradeiro lugar. Mas, quando fores convidado, vai, e assenta-te no derradeiro lugar, para que, quando vier o que te convidou, te diga: Amigo, sobe mais para cima. Então terás honra diante dos que estiverem contigo à mesa. Porquanto qualquer que a si mesmo se exaltar será humilhado, e aquele que a si mesmo se humilhar será exaltado.” Lc 14.7-11. Cristo nos ensina claramente que estar em primazia é uma questão de honra e não de mérito próprio, reconhecimento e não disputa. Quando queremos nos honrar somos humilhados, mas quando vivemos buscando ser e viver algo para Deus, certamente seremos honrados por Ele.


Estar nos primeiros assentos não é problema, a questão é como chegamos lá. Na verdade devemos esperar o tempo da honra e não tomá-la a força, pois os primeiros assentos foram feitos para aqueles que Deus quer honrar.



segunda-feira, 18 de setembro de 2017

COMO VENCER AS MÁS INFLUÊNCIAS - UM ESTUDO PARA JOVENS (5º PARTE)

“Falou Nabucodonosor, dizendo: Bendito seja o Deus de Sadraque, Mesaque e Abednego, que enviou o seu anjo, e livrou os seus servos, que confiaram nele, pois violaram a palavra do rei, preferindo entregar os seus corpos, para que não servissem nem adorassem algum outro deus, senão o seu Deus. Por mim, pois, é feito um decreto, pelo qual todo o povo, e nação e língua que disser blasfêmia contra o Deus de Sadraque, Mesaque e Abednego, seja despedaçado, e as suas casas sejam feitas um monturo; porquanto não há outro Deus que possa livrar como este.” Dn 3.28-29

Paz do Senhor, então, estão gostando deste estudo? Está sendo edificante? Mas está na hora de concluirmos e hoje é a ultima postagem desta série sobre "COMO VENCER AS MÁS INFLUÊNCIAS". 

Que Deus te abençoe grandemente com este post.

5 – Adorando a Deus pelas nossas obras.

Irmãos o bom testemunho ganha almas, ele é o melhor sermão é nossa vida.

O Senhor Jesus ensinou isso também quando disse “Vós sois a luz do mundo; não se pode esconder uma cidade edificada sobre um monte; Nem se acende a candeia e se coloca debaixo do alqueire, mas no velador, e dá luz a todos que estão na casa. Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus.” Mt 5.14-16

Não temos o que explicar aqui, na vida, somos a vitrine de Deus, nossas vidas são a maior prova do poder transformador de Deus. Quando assumimos nossa fé, e vivemos seus preceitos em qualquer circunstância damos ao mundo o maior motivo para crer.

6 – A Recompensa do Alto.

“Respondeu, dizendo: Eu, porém, vejo quatro homens soltos, que andam passeando dentro do fogo, sem sofrer nenhum dano; e o aspecto do quarto é semelhante ao Filho de Deus. E reuniram-se os príncipes, os capitàes, os governadores e os conselheiros do rei e, contemplando estes homens, viram que o fogo não tinha tido poder algum sobre os seus corpos; nem um só cabelo da sua cabeça se tinha queimado, nem as suas capas se mudaram, nem cheiro de fogo tinha passado sobre eles.” Dn 3.25,27

É nas horas mais difíceis que vemos Deus operar. Não esqueça! Aquele que te chamou para a vida eterna é também aquele que está contigo todos os momentos da vida na terra. “e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém.” Mt 28.20

Há um descanso para ti cristão, mas não é aqui! Deus nos prometeu que estaria  conosco até a consumação do século, Ele também afirmou que se fossemos fiéis até o fim receberíamos a coroa da vida. Deus continua honrando aqueles que o honram.

7 – A Vitória

“Falou Nabucodonosor, dizendo: Bendito seja o Deus de Sadraque, Mesaque e Abednego, que enviou o seu anjo, e livrou os seus servos, que confiaram nele, pois violaram a palavra do rei, preferindo entregar os seus corpos, para que não servissem nem adorassem algum outro deus, senão o seu Deus. Por mim, pois, é feito um decreto, pelo qual todo o povo, e nação e língua que disser blasfêmia contra o Deus de Sadraque, Mesaque e Abednego, seja despedaçado, e as suas casas sejam feitas um monturo; porquanto não há outro Deus que possa livrar como este. Então o rei fez prosperar a Sadraque, Mesaque e Abednego, na província de Babilônia.” Dn 3-28-30

Tudo o que fazemos é para a glória de Deus, nosso sofrimento, nossa angústia, em tudo Deus é glorificado. “Portanto, quer comais quer bebais, ou façais outra qualquer coisa, fazei tudo para glória de Deus.” I Co 10.31

A nossa missão é adorar a Deus em todas as áreas de nossas vidas.

Conclusão:

O mundo usado pelo inimigo tenta de todas as formas nos afastar de Deus e tenta a todo custo que nossas ações sejam más de tal forma que venham entristecer o nosso Senhor. Muitos são motivo de escândalo para a Igreja do Senhor, outros deixam-se lavar pelos apelos do mundo. Mas  e você? Deus está procurando pelos profetas da última geração, profetas estes que não são influenciados pelo mundo, que não temem a morte muito menos o diabo, profetas que adoram em espírito e em verdade.

Você é um deles? Deus pode contar com você?


Os significados dos nomes dos três jovens em hebraico eram:

Hamazias / Sadraque = O senhor é gracioso
Deus está sendo gracioso com você hoje, para que você possa mudar e fazer a diferença.

Misael / Mesaque = O semelhante a Deus
O desejo de Deus é que você tenha o caráter de Cristo.

Azarias / Abede-nego = O Senhor ajuda.

Para que você consiga a mudança na sua vida, você terá uma ajuda especial, O Espírito Santo.