quinta-feira, 30 de agosto de 2012

O Cristão e o mundo



Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele. I João 2.15

Algumas vezes eu ouvi do estimado pastor Lauro de Castro a seguinte expressão: “Há um mundo que Deus amou e um mundo que Deus nos impede de amar”, esta expressão ilustra muito bem como deve ser o relacionamento do cristão com o mundo.
Bem para começarmos a trabalhar este assunto, o cristão e o mundo, precisamos entender o que significa mundo no texto que inicia este post então vejamos: na Bíblia há sentidos diferentes para a palavra mundo:

       Cosmos – Jó 34. 13 “Quem lhe entregou o governo da terra? E quem fez todo o mundo?”
Neste contexto a palavra mundo significa a terra física, isto é, o planeta terra.

       Pessoas – Jo 3.16 “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.”
Neste outro versículo o texto não está falando da terra e sim das pessoas que vivem no mundo. Jesus não morreu pelas plantas ou animais, Jesus morreu pelos homens pecadores.

       Pecado - I Jo 2.15 “Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele.“
Agora neste outro versículo fala sobre o mundo quanto sistema pecaminoso, a corrupção humana, isto é, as ideologias humanas baseadas em sua natureza caída. Mundo neste versículo a palavra mundo fala de pecado.

Então continuando nossa postagem precisamos entender a relação entre o cristão e mundo, percebemos que segundo a palavra de Deus, a palavra mundo pode ter alguns significados diferentes dependendo do contexto, assim, nós começamos a entender outros textos também como o Salmo 1,1, quando diz “BEM-AVENTURADO o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores.”, veja que o sentido de “não anda segundo o conselho dos ímpios”, “nem se detém no caminho dos pecadores” e “assenta na roda dos escarnecedores”, não está dizendo que você não viva no meio deles, mas que você não deve concordar com as atitudes deles.

O cristão está impossibilitado de fazer parte do mundo, e quando falo mundo estou me referindo à vivência no sistema pecaminoso, se ele vive de acordo com o mundo (pecado) este não é cristão, como está escrito “Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele.“. Queridos não há meio termo, ou você é cristão ou você é mundo.

Mas qual é nossa posição diante do mundo? Você pode perguntar, e eu respondo com dois celebres textos cristãos, o primeiro é Mateus 5.14,15 que diz: “Vós sois o sal da terra; e se o sal for insípido, com que se há de salgar? Para nada mais presta senão para se lançar fora, e ser pisado pelos homens. Vós sois a luz do mundo; não se pode esconder uma cidade edificada sobre um monte;” e o outro é II Coríntios 5.17 “Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo.” No primeiro os cristãos são colocados como sal e luz, mostrando que aos cristãos cabe a missão de impedir a corrupção do mundo, assim como sal impede que os alimentos se estraguem, e luz para guiar em meio as trevas deste sistema de pecaminoso. Já no segundo versículo, os mesmos cristãos tem a característica de ser diferentes das “coisas velhas” que o próprio texto assevera que deveriam ter passado.

O mundo (pecado) está perdido I João 5.19 diz “Sabemos que somos de Deus, e que todo o mundo está no maligno.” Mas quando aos cristãos o próprio cristo orou assim “Não peço que os tires do mundo, mas que os livres do mal.” João 17.15

Hoje em dia, e mais precisamente nestes dias de eleição nós ficamos a perguntar quem é cristão e quem é mundo, pois está muito difícil encontrar a diferença. O irmão está dizendo que é contra cristão estar na política ou mesmo terem um partido? Não! Estou falando sobre o comportamento de alguns que dizendo cristãos agem como o mundo, as atitudes do mundo e ainda assim querem levantar a bandeira de Cristo. Suas ações são iguais as do mundo e ainda assim querem ser cristãos, não sou contra que um cristão tome uma posição partidária, aliás, sou totalmente a favor que participemos da vida política de nosso país, mas sou contra quando cristãos que deveriam usar isso para glória de Deus, fazem o nome de Cristo ser blasfemado pelos homens.

Mas e você, quem é você que está lendo este post? Você é mundo ou cristão?

Na paz do Mestre Jesus!

terça-feira, 28 de agosto de 2012

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Uma palavra para os novos convertidos!


“E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas.” II Co 5.17

Nenhum texto ao meu ver, expressa mais a realidade da nova vida em Cristo.  O texto enfatiza que tudo que foi feito no passado, todas as experiências boas ou más, elas já passaram, a velha vida, as ideologias, os pensamentos, o apostolo Paulo declara que são coisas antigas, coisas que não necessitam mais que façam parte de nossa nova vida. Sabemos que tudo aquilo que aprendemos na antiga vida, antes de Cristo, foi absorvido por nós durante muitos anos, através de muitas experiências, sob a influência de várias pessoas e fatos, as concepções que tínhamos inclusive nossa fé, não injetada em nossa mente, elas foram adquiridas com o tempo e o tempo foi moldando nosso caráter e nos tornando no que éramos.
Da mesma forma a nova criatura, nascida de Deus, necessita de tempo, de experiências, de influências para moldar nosso caráter, não mais o caráter mundano, influenciado pelo deus deste século, agora sob a influência do amigo Espírito Santo. Da mesma maneira que absorvíamos as influências funestas do mundo da antiga vida, necessitamos abrir o nosso coração para as novas influências da vida no Espírito. Devemos nos desarmar de nossos antigos conceitos para que os novos não sejam deturpados, devemos jogar fora todo tipo de pensamento que pode destruir a nossa nova vida e estabelecer novos fundamentos e estes são a Palavra de Deus, pois sendo firmados nela, não vacilaremos, pois estaremos edificados na Rocha que é Cristo (Mt 7.24-27).

Por isso a palavra de Deus é nossa bússola, nossa regra de fé e prática, nossa constituição eterna, ela nos dirá em que devemos crer como devemos viver e nos comportar, é ela que determina o curso de nossas vidas mediante a ação do Espírito Santo. Nessa nova vida vamos precisar de ajuda, assim como foi na primeira, pois nela quando bebês tínhamos nossos pais que nos mostraram o mundo e as informações para podermos viver nele, tivemos nossos parentes que aos poucos ampliaram nossa experiência, hoje da mesma forma precisamos que os mais experientes nos mostrem as novidades dessa nova vida.

Da mesma forma quando crianças, nós éramos alertados pelos nossos pais e amigos para termos cuidado com pessoas estranhas que poderiam nos prejudicar, hoje da mesma forma existe cristãos estranhos que não sabemos se eles são crentes ou não, com esses devemos ter cuidado para não sermos prejudicados em nossa fé. Ainda tinham aqueles que eram falsos amigos e falsos colegas, hoje ainda há estes, mas não se preocupe, Deus preparou pessoas que são verdadeiras e justas e que te ajudaram a começar essa nova vida, saiba de uma coisa você está em uma nova empreitada e isso é algo que você jamais experimentou e deve ser vivido a cada dia sempre buscando em Deus as respostas para sua nova vida.
Há uma nova vida de experiências para você desfrutar, então mãos a obra em sua nova caminhada cristã.

Texto retirado a apostila "Aceitei a Jesus e agora?" de Marcos Gama

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Feliz dia dos pais!!!


Como Posso Saber, Se Não Vi?

"Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e
a prova das coisas que se não vêem" (Hebreus 11:1).

Um médico, completamente indiferente às coisas de Deus,
discutindo com um ministro, disse que não tinha alma. Ele
perguntou ao ministro: "Você já viu sua alma?" "Não",
respondeu o ministro. "Então, como você sabe que tem uma
alma?" "Você já viu uma dor?" "Não", respondeu o médico.
"Como você sabe que existe a dor?"

Há pessoas que só conseguem ser felizes se puderem ver os
seus sonhos já realizados. Não sabem esperar, não sabem se
controlar, não sabem que há tempo para tudo neste mundo.
Enquanto aguardam, murmuram; enquanto não vêem os
resultados, maldizem seus dias; enquanto a sua vez não
chega, lamentam-se como se fossem as mais infelizes
criaturas da terra.

Feliz é quem consegue crer, mesmo antes de ver as coisas
acontecerem. Como é bom olhar para o alto e louvar a Deus
pela paz que logo virá. Como é gratificante adorar a Deus
pelo sol que voltará a brilhar após a tempestade. Como é
estimulante esperar a bênção prometida, mesmo que ela demore
um pouco a chegar. Quem crê é muito feliz. Quem crê não se
angustia. Quem crê dorme tranquilo, sabendo que o dia de
amanhã trará a felicidade almejada.

Eu não vi o amor do Senhor por mim quando andava perdido
pelo mundo, mas eu o senti e cri que a minha vida tomaria um
novo rumo. E como mudou! Eu era infeliz com o que via e
encontrei a felicidade quando cri e me entreguei ao que não
via.

Eu não vi solução para mim quando fiquei cego e, logo a
seguir, viúvo, tendo ainda dois filhos muito jovens para
cuidar. Eu não vi solução mas, senti que a esperança era
mais forte do que o que eu deixei de ver. O Senhor cuidou de
mim, cuidou de meus filhos, cuidou de minha casa, mostrou-me
um mundo novo, cheio de beleza que eu só podia ver com os
olhos espirituais. Valeu a pena! Eu não vi mas sabia, pela
fé, que minha vida seria plena de felicidade.

Você também pode, mesmo sem ver, saber que Deus tem uma
grande bênção para sua vida.


Texto retirado do site:

MSN: para-refletir@hotmail.com
Facebook: http://www.facebook.com/ministerio.pararefletir.9