segunda-feira, 29 de outubro de 2012

A história de um cego



Muitas vezes não sabemos a total dimensão de um milagre, para aqueles que são meros expectadores pode parecer fantástico, pois é um milagre, mas para aqueles que recebem e sabe a mudança em sua vida depois do milagre, este se torna inesquecível. Quero explanar um pouco sobre uma história de um homem.
Imaginem a seguinte estória.

Certo homem com seus sonhos e desejos, vaga pelas paragens da Palestina antiga, sua juventude e ousadia caracterizam sua personalidade. Muito confiante e tendo as infinidades do mundo como limite desfruta de sua força juvenil nos campos de seu pai Timeu. È um homem de muitos planos como todos os homens são, tem muitos desejos como todos também, porém um determinado acontecimento ocorreu em sua vida que dera fim a todos seus anseios. Por uma circunstancia da vida, este homem perdeu um dos bens mais preciosos de um ser humano, sua visão. Em um canto da casa sua família chora devido conhecer o que espera um cego em sua cultura e na outra um homem cego que sente todos seus projetos irem embora sem a menos chance de mudança.

Sua nova realidade inicia no amanhecer chegado, uma nova realidade deve ser vivida pelos membros da família e mais ainda por aquele jovem tão sonhador e agora um inválido escondido no canto da casa. Logo lhe é apresentado a única forma de sua sobrevivência, ou seja, a mendicância, porém seu coração tende rejeitar mais sua mente oriental esforça-se para aceitar.

Em sua nova realidade de mendigo era necessário ter registro para ser um mendigo em Israel, esta autorização equivalia ao uso de uma capa e uma bacia, apetrechos que tinha como objetivo mor auxilia-lo em sua luta pela sobre vivência. Ele agora ganhara um estátos social que certamente não era o desejado, mas que certamente lhe garantiria a sobrevivência. 

Estrategicamente todos os dias ele é colocado na entrada da cidade de Jericó, cidade esta muito bela e visitadas por muitos viajantes que diariamente circundavam pela região. Sentado a beira do caminho a mendigar ele também ficava inteirado das notícias trazidas pelos viajantes, notícias variadas, uma ora uma revolta em Jerusalém pelos zelotes, outrora a luta romana pela manutenção da paz em Jerusalém, em um outro momento sobre uma traição e até sobre, quem sabe vários mestres que ora surgia nas cidades.
Certo de seu destino, o cego filho de Timeu se acomodara em sua situação e agora diariamente lutava para manter seu sustento e poder desfrutar o pouco que lhe restou para viver, porém aos poucos ele ouve falar de um novo acontecimento em Jerusalém, na Galileia e em Cafarnaum. Ele ouve falar de um certo Rabino galileu que ao que ele podia entender dos viajantes tinha poderes dos antigos profetas. A cada dia mais notícias chegavam deste homem galileu, a cada viajante um novo milagre e novas histórias. Um dia um fato lhe chamou muito sua atenção, ele ouvira de um transeunte que este homem tinha ressuscitado um homem em Betânia, estando este morto há quatro dias, era algo incrível, extraordinário e certamente impossível. Porém a cada dia os rumores deste profeta galileu crescia e ele observava que o assunto dia após dia não se falava em outra coisa a não ser os incríveis milagres realizados por este profeta, que segundo ele ouvira falar até andar sobre as águas havia andado.

Os rumores aumentavam e algo aumentava em seu coração, a esperança de ter seus sonhos realizados novamente, seria este o Cristo? Seria ele o Messias que havia de vir? Seria este o FILHO DE DAVI? Bem, em seu coração uma certeza crescia, se é verdade estas histórias que escuto, este homem pode ser a chance de ter meus sonhos de volta, pensava ele em seu coração.

E mais um dia se passa em Jericó e ele é conduzido por alguém a sua casa e dorme, meditando em tantos acontecimentos que ele ouvira nos últimos tempos. Na manha seguinte o mesmo trajeto para a entrada da cidade de Jericó, ele se senta na beira do caminho e inicia seu ofício de mendigo. Em um determinado momento do dia, ele apesar de cego observa que o fluxo de pessoas está mais intenso, muitas vozes, muitas passadas, muito alvoroço e em seu coração brota uma pergunta, o que está acontecendo? Por não conseguir discernir o acontecimento ele resolve perguntar, estende sua mão e consegue tocar em um dos viajantes e pergunta:
O que é que está acontecendo?
O viajante responde: É JESUS de Nazaré que está passando por aqui.

Uma surpresa e um desespero, ele está passando disse o homem, isto é, Ele está indo, e em um momento de questionamento e ansiedade ele precisa tomar uma decisão, ou crer em tudo que ele ouviu acerca deste galileu e tem sua vida de volta ou continua na sua vida de mendigo e mais rápido do que uma batida do coração uma frase explode de sua alma:

FILHO DE DAVI TEM MISERICÓDIA DE MIM.

Para os ouvintes seu grito é um barulho qualquer na multidão, para os mais próximos é um empecilho, tanto é que solicitam para que ele se cale, porém para aquele cego este mesmo grito era uma chave para sua libertação, então ele repete.

FILHO DE DAVI TEM MISERICÓDIA DE MIM.

Mais uma vez, o barulho, um incomodo e uma esperança que não se entrega e grita de novo. 

FILHO DE DAVI TEM MISERICÓDIA DE MIM.

De repente ele observa que o alvoroço para, isso é, o alvoroço parou porque a multidão parou, a multidão parou porque os seguidores do galileu pararam, os seus discípulos pararam por que Jesus parou e Jesus parou porque alguém clamou.

O cego fica tentando identificar o que está acontecendo, derrepente alguém chega pega no seu braço e diz:
TEM BOM ANIMO, ELE TE CHAMA.

Uma frase tão curta, mas para ele era como o alvorecer que ele um dia pode comtemplar, ele deixa sua capa e sua bacia, que eram símbolo de sua desgraça e dependência. Ele deixa a beira do caminho e segue agora auxiliado ao encontro do Mestre Nazareno.

Ao chegar perto do Mestre, ele é questionado de forma que ele estranhara, o profeta lhe pergunta:

O QUE QUER QUE EU TE FAÇA?

Parece uma brincadeira alguém perguntar para um cego o que ele quer, mas quando Jesus perguntou foi para que o cego filho de Timeu pudesse expressar o nível de sua fé. Bartimeu poderia ter pedido uma boa esmola, poderia ter pedido para que o trocassem de lugar ou mesmo para falar com o sumo sacerdote para que o levasse para Jerusalém e assim ele pudesse mendigar perto do templo que certamente o fluxo de pessoas é maior.

Porem o cego tinha um desejo muito maior, ele queria seus sonhos de volta, ele queria sua vida de volta, ele queria muito mais que uma esmola ele queria ver de novo. Novamente  Mestre de Nazaré com uma palavra devolveu tudo o que aquele ex-cego perdera.

Foi um dia singular para este cego, pois, recebera três bênçãos, primeira ele foi ouvido por Deus, segundo ele foi curado de sua cegueira com uma palavra e terceiro ele pode ver face a face, a Jesus o Nazareno. Hoje ele não chegou em casa dirigido pelos amigos ou parentes, hoje ele chega em casa um novo homem que experimentara a misericórdia de Deus.

Será que está estória falou com você?
Como este cego você já ouviu falar de Jesus?
Qual será a sua decisão? Continuar a beira do caminho mendigando ou largar a velha vida e se aventurar nos braços de Jesus? A resposta é sua, porém este cego decidiu crer e sua vida mudou.

Graça e Paz!

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Semana Pentescostal em Paracuru

Quero louvar a Deus por suas maravilhas e agradecer pela oportunidade de estar pregando na Semana Pentencostal em Paracuru, que está sob a direção do Pr. Tarcisio e seu Filho o Ev. Gesiel, estes servos de Deus, suas faimilias e a abençoada Igreja de Paracuru nos recepcionaram muito bem.

Deus em suas majestade divina nos surpreendeu com uma unção de refrigério e alegria espiritual, pregando sobre "As evidências de um Pentecoste". Deus nos deu graça para ministrar uma palavra de vida e poder para os servos de Deus daquela Igreja.

Quero louvar a Deus pela vida do cantor sacro Isaias Gama, um baiano abençoado que tive o prazer de conhecer neste abençoado evento.


Só posso agradecer a Deus por tudo.
A Linda igreja sede da AD de Paracuru


Conf. Marcos Gama e Ev. Gesiel (Cantor Sacro)


Conf. Marcos Gama e o Cantor baiano Isaias Gama
Contato do cantor sacro Isaias Gama (74)9148-8131
Uma paisagem do entardecer de Paracuru.
Paz e graça a meu Deus por tudo!

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Culto de Senhoras na Cong. do Sítio Lucas


Quero louvar a Deus por sua singular presença no culto de Senhoras da congregação de Sítio Lucas, sob a supervisão do Pb. Everton. Uma noite muito abençoada onde Deus falou oderosamente aos nossos corações. Quero a gradecer ao departamento de Senhoras na pessoa da irmã Fabíola e seu esposo que nos convidou para estar ministrando.

Que Deus continue lhes abençoando em Cristo.

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

A diferença entre REINO e IMPÉRIO

 "SABE, porém, isto : que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos. Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, Sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons, Traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus, Tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te. Porque deste número são os que se introduzem pelas casas, e levam cativas mulheres néscias carregadas de pecados, levadas de várias concupiscências; Que aprendem sempre, e nunca podem chegar ao conhecimento da verdade. E, como Janes e Jambres resistiram a Moisés, assim também estes resistem à verdade, sendo homens corruptos de entendimento e réprobos quanto à fé." II Tm 3.1-8

Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências; E desviarão os ouvidos da verdade, voltando às fábulas. II Tm 4.3,4

Queridos irmãos a cada dia que se aproxima da vinda de Cristo vemos as profecias se cumprindo cabalmente, e por esta razão precisamos estar apercebidos quanto estes acontecimentos para que invés deles nos enfraquecer possa servir de encorajamento para uma vida de santidade e obediência a Cristo.
No texto exposto acima vemos algumas exortações paulinas acerca dos últimos dias e como Timóteo deveria agir contra estas questões. Paulo explica ao jovem pastor quais seriam as características de algumas pessoas, líderes nos últimos dias. Vendo estes textos e observando algumas lideranças da igreja de Cristo hoje me veio o entendimento para esta reflexão.
Paulo afirma que nos últimos dias:
Serão tempos trabalhosos - Veja que o foco de Paulo aqui é a Igreja, ou seja, haveria tempos trabalhosos para a Igreja. Estes tempos trabalhosos ou difíceis é um sinal da vinda de Cristo, mas deveria ser também um alerta quanto a não se deixar levar por eles e assim conservar a fé. Porém o que vemos é que estas dificuldades são exatamente na Igreja com pessoas que no mínimo não são convertidas e o pior lideres não convertidos que não tem como foco o REINO de Deus e sim seus impérios particulares. Paulo lista as características destes:
  1. amantes de si mesmos;
  2.  avarentos;
  3.  presunçosos;
  4.   soberbos;
  5. blasfemos;
  6. desobedientes a pais e mães;
  7.  ingratos;
  8.  profanos;
  9.  Sem afeto natural;
  10.  irreconciliáveis;
  11.  caluniadores;
  12. incontinentes;
  13. cruéis;
  14. sem amor para com os bons;
  15.  Traidores;
  16.  obstinados;
  17. orgulhosos;
  18. mais amigos dos deleites do que amigos de Deus;
  19. Tendo aparência de piedade;
  20.  negando a eficácia dela (piedade).
Essas terríveis características muitas vezes são anunciadas para exortar a igreja, os membros, eu não estou dizendo que não necessitamos, mas a verdade é que muitas das características que Paulo denunciou para Timóteo é um espelho claro das atitudes de muitos lideres cristãos hoje. Pessoas preocupadas com seu dinheiro, sua posição eclesiástica, seus contatos, isto é, eles se preocupam apenas com o sue IMPÉRIO, mas que em nada se preocupam com o REINO de Deus.
Inventam todo tipo de estória para tentar manipular e garantir seu domínio sobre os incautos e continuar com suas práticas é por este motivo que Paulo denúncia a tais pessoas.

No IMPÉRIO o desejo dos homens é o objetivo máximo, no IMPÉRIO a lutas disputas, manipulações e muitas feridas, no IMPÉRIO o foco é a soberba humana.

No REINO de Deus o foco é a glória de nosso Deus, no REINO de Deus há amor, alegria gozo, no REINO de Deus as feridas são curadas e as dores são aliviadas, apesar de haver cajado e vara, porém o efeito destes não é para a morte e sim para consolo. 

Mas ai você pode dizer irmão se é assim o que devemos fazer? Bem em primeiro lugar louvar a Deus pois sua palavra é fiel, ou seja, tudo o que está escrito certamente se cumprirá. Segundo precisamos vigiar para que nós não venhamos fazer parte daqueles que por causas dos prazeres desta vida negociam a sua fé. Terceiro estar apercebidos, pois este é um evidente sinal da volta de Cristo. Paz de Cristo.

Os IMPÉRIOS passarão, mas o REINO de Deus é eterno! 

Na paz de Cristo.