quarta-feira, 31 de julho de 2013

Quando as ondas veem ...

Ondas


"Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam." Sl 23.4

Paz e graça!

PRECISAMOS CONFIAR NO SENHOR EM QUALQUER CIRCUNSTÂNCIA DA VIDA!

Inicio com esta declaração que é um princípio de cristão. Crer em Deus quando tudo vai bem, quando todas as nossas expectativas estão sendo satisfeitas, quando aquilo que planejei está dando certo é muito fácil, mas e quando tudo parece estar dando errado, quando aparentemente não consigo ver o amanhã, quando minhas expectativas não estão sendo satisfeitas, quando parece que Deus me abandonou?

No texto acima, vemos uma declaração de confiança ao extremo, o salmista disse "Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum,..." veja que a confiança é plena em uma circunstância muito difícil, quando estamos no "vale", mas não em qualquer tipo de vale e sim "vale da sombra da morte". Imagine um vale de sombras e de morte, um vale que coloca em risco minha própria vida, um vale que coloca em risco meus sonhos e realizações, um vale onde eu não tenho o domínio da situação, um vale onde meus dons e força não podem resolver um vale onde meus amigos não podem estar, ou pior me abandona, um vale de MORTE. É neste vale que o salmista disse que "não temeria mal algum", isso é confiança inabalável.

Muitos outros heróis da bíblia fizeram isso:

Jó - Perdeu toda a riqueza que tinha, porém não deixou de crer que "seu redentor vive".
Abraão - Que deixou toda a sua história de vida em Ur e saiu em obediência à voz que dizia "sai do meio da tua parentela”.
Gideão - Que com o mínimo venceu aqueles que achavam que tinham muito.
Daniel - Que por sua fé não teve medo de enfrentar uma cova cheia de leões.
Elias -  que enfrentou a perseguição do malvado rei para que pudesse mostrar que é o verdadeiro Deus de Israel.
Os apóstolos, Paulo, Silas, Barnabé e tantos outros que decidiram confiar em qualquer circunstância em Deus. 

Para finalizar trago uma pequena analogia que me inspirou escrever este post.

 Imagine que você está em uma praia e decide tomar um belo banho de mar, assim que você entra no mar a primeira coisa que vem ao seu encontro são as ondas, então você que já é muito acostumado com elas vai e mergulha por baixo da onda e espera ela passar, quanto maior for a onda mais tempo você demorará a estar debaixo da onda em espera para que ela passe sem lhe atingir.

Bem, da mesma forma, quando as ondas vierem lhe atingir, mergulhe e espere, não esqueça de que toda a onda vem e passa, pode ser grande ou pequena ela passa, Jesus disse certa vez " Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo." Jo 16.33. Deixe a onda passar e confie Naquele que pode fazer você passar em segurança pelos vales que sobrevém sobre sua vida.

Na paz do Mestre, Marcos Gama

Nenhum comentário: