segunda-feira, 15 de maio de 2017

ACIMA DAS CRISES!

"Porque ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; ainda que decepcione o produto da oliveira, e os campos não produzam mantimento; ainda que as ovelhas da malhada sejam arrebatadas, e nos currais não haja gado; Todavia eu me alegrarei no Senhor; exultarei no Deus da minha salvação." Hc 3.17,18

Paz do Senhor a todos os nossos leitores e visitantes de nosso blog de crescimento espiritual. Hoje temos um tema bem atual. A CRISE. Isso mesmo, Crise. Eu sei que em momentos como estes que vivemos, onde países inteiros estão em crise, quer sejam econômicas, partidárias, institucionais, diplomáticas, morais, religiosas, éticas, bélicas e tantas outras que transformaria este post em uma lista de medo e tristeza.

Muitas vezes focamos na crise e não meditamos qual o porquê desta situação. Como não mencionar as várias crises que As Escrituras mencionam e como elas foram administradas e vencidas. Como não citar O Livro de Juízes, que retrata as crises terríveis que o povo de Israel atravessaram durante um período de aproximadamente 400 anos, quando inimigos como midianitas, filisteus, amalequitas e tantos outros que oprimiram a Israel, com alternâncias de períodos de paz e de crises.

Crises, crises e crises, essa palavra já gera mais crise, porém no fragmento do texto Bíblico do Livro de Habacuque que estamos utilizando para este post nos ensina algo que nos desperta a atenção sobre as CRISES.

Habacuque vivenciou um período de muitas crises também, e com Habacuque havia um agravante, pois quando o profeta questiona a Deus o porquê de tantas coisas ruins acontecerem em Israel e aparentemente O Senhor não tomar uma atitude, O Senhor responde que o castigo já está vindo sobre seu povo como uma ação disciplinar, para isso O Senhor estava trazendo sobre Israel os caldeus, inimigos de israel, para os disciplinar. O profeta indaga como usar alguém pior do que o povo para disciplinar o povo? A resposta é simples, Deus usa de quem quer em seus propósitos, e neste momento a vinda dos caldeus ampliaria a crises de forma extrema, porém Habacuque entende a ação de Deus e no capitulo 3 faz uma oração em forma de cântico pois sabia que os planos do Senhor, ainda que não entendamos são os melhores.

Habacuque nos ensina como deve ser nossas atitudes em meio as crises, pois ele expressa sua fé, ele diz:

Porque ainda que...

 a figueira não floresça...

nem haja fruto na vide...

ainda que decepcione o produto da oliveira...

e os campos não produzam mantimento...

ainda que as ovelhas da malhada sejam arrebatadas...

e nos currais não haja gado...

Veja que o profeta estava considerando as vias pelas quais as crises se apresentam, a expressão AINDA QUE revela que o profeta entendia a possibilidade, que as crises acontecem e que ela tem suas vias para nos assustar e nos deprimir. Porém Habacuque nos ensina algo poderoso para aqueles que estão enfrentando crises em sua vida.

Habacuque usa a expressão AINDA QUE, para reconhecer a possibilidade da existência das crises, mas ele usa uma palavra para declarar sua fé, TODAVIA. Talvez você não esteja entendendo, o que é que esta palavra diz? Ela expressa fé, pois evidencia que acima das crises tem a esperança de que O Senhor está conosco.

Quem vive em meio as crises não vê nada para se alegrar, porém Habacuque diz: 

eu me alegrarei no Senhor;

O que é que te traz alegria? O que te promove prazer, felicidade? Será que sua alegria não está condicionada a coisas que podem ser destruídas ou roubadas? será que você não está pondo sua esperança e recursos em coisas que são passageiras e isso te dá medo de perdê-las?

Habacuque tinha uma alegria, e esta não era em coisas que podem ser roubadas ou destruídas, pois em meio as crises o profeta continuava se alegrando NO SENHOR. Todos ao seu redor podem estar em guerras, mas VOCÊ TEM UMA ALEGRIA REAL, SE ALEGRE NO SENHOR.

As crises não podem roubar sua fé, as crises não podem roubar sua paz, as crises não podem roubar sua alegria, pois ela é O SENHOR!

Outra coisa que Habacuque nos ensina é:

exultarei no Deus da minha salvação.

Eu exaltarei O Senhor. Não tire o foco da tua adoração, não deixe que as pessoas, as lutas, as crises ou qualquer outra coisa impeça de EXALTAR AO SENHOR!

As crises sempre existirão, mas elas nunca serão maiores do que o poder do DEUS DA TUA SALVAÇÃO. Essa era a fé de Habacuque, esta deve ser nossa também.

Paz,


Um comentário:

josedosanzois pereira disse...

Excelente meditação para os dias que vivemos. O nosso foco é o Senhor. E com ele há alegria, Gozp e descanso, independente das crises.