segunda-feira, 18 de abril de 2011

Uma frase, um livramento!

E, quando Jesus tomou o vinagre, disse: está consumado. E, inclinado a cabeça, entregou o espírito". João 19.30

Bem, não quero encher este poste de versículos bíblicos, mas quero mostrar o real sentido da páscoa para a cristandade. Muitos estão contando com este feriado para suas viagens e negócios, outros se preparando religiosamente para festividades. O comércio se vitaliza, iniciam-se as comemorações entre famílias. Mas o que é a Páscoa?
Para falar sobre o tema, precisamos ir até o Egito Antigo, na época dos grandes faraós, quando um grupo de semitas guiados pelo patriarca Jacó desce ao delta do Nilo em busca de socorro para os seus familiares devido a grande seca que assolava Canaã. Este grupo de pessoas umas setenta, chegam ao Egito e são recepcionadas pelo segundo homem mais poderoso da nação, Zafenate-Panéia, ou melhor, José.
Passaram-se muitos anos e José morre e todos aqueles que foram beneficiados pelo livramento que Deus, através de José, concedeu ao Egito também não existiam.
A Bíblia "E levantou-se um novo rei sobre o Egito, que não conhecera a José;" Gn 1.8
Ai começa a história da Páscoa, quando aqueles que desceram ao Egito a convite se multiplicam e em vez de benção para o Egito tornam-se um problema. O faraó que agora está no poder não se lembra mais de José, ele começa a escravizar o povo que passa 430 anos no Egito como escravo.
Em meio esta opressão Deus levanta bem debaixo do nariz de faraó um libertador, Moises, que foi milagrosamente salvo das águas do Nilo pela filha do próprio faraó. Deus tem seus caminhos e Moisés depois de crescer no Egito, vendo a amargura do seu povo, na ânsia de livrá-lo da opressão, tenta com suas mãos e acaba matando um homem e tendo que fugir do Egito. Deus não precisa de ajuda e Ele tem o momento certo de agir!
Em meio ao deserto, cuidando das ovelhas de Jetro, alto sacerdote de Midiã, Moisés é atraído por algo inacreditável um arbusto que está em chamas, mas não se consome!
Deus o comissioná-lo de dentro das chamas dizendo: "E disse o Senhor: Tenho visto atentamente a aflição do meu povo, que está no Egito, e tenho ouvido o seu clamor por causa dos seus exatores, porque conheci as suas dores. Portanto desci para livrá-lo da mão dos egípcios, e para fazê-lo subir daquela terra, a uma terra boa e larga, a uma terra que mana leite e mel; ao lugar do cananeu, e do heteu, e do amorreu, e do perizeu, e do heveu, e do jebuseu. E agora, eis que o clamor dos filhos de Israel é vindo a mim, e também tenho visto a opressão com que os egípcios os oprimem. Vem agora, pois, e eu te enviarei a Faraó para que tires o meu povo (os filhos de Israel) do Egito." Êx 3.7-10
E através de 10 pragas Deus liberta o seu povo, porém a 10º praga é muito importante, pois traz um simbolismo para que entendamos a páscoa, pois a primeira vez que esta palavra é mencionada é em Êx 12. 11, na noite em que o anjo da morte visita o Egito e mata todos os primogênitos, fazendo com que faraó deixasse o povo ir.
Porém, antes que o anjo da morte ceifasse os promogenitos, houve um cerimonial de livramento para que os israelitas não fossem pegos pelo terrível anjo. O cerimonial era assim:

1 - Aos dez deste mês tome cada um para si um cordeiro, segundo as casas dos pais, um cordeiro para cada família.
2 - Mas se a família for pequena para um cordeiro, então tome um só com seu vizinho perto de sua casa, conforme o número das almas; cada um conforme ao seu comer, fareis a conta conforme ao cordeiro.
3 - O cordeiro, ou cabrito, será sem mácula, um macho de um ano, o qual tomareis das ovelhas ou das cabras.
4 - E o guardareis até ao décimo quarto dia deste mês, e todo o ajuntamento da congregação de Israel o sacrificará à tarde.
5 - E tomarão do sangue, e pô-lo-ão em ambas as ombreiras, e na verga da porta, nas casas em que o comerem.
6 - E naquela noite comerão a carne assada no fogo, com pães ázimos; com ervas amargosas a comerão.
7 - Não comereis dele cru, nem cozido em água, senão assado no fogo, a sua cabeça com os seus pés e com a sua fressura.
8 - E nada dele deixareis até amanhã; mas o que dele ficar até amanhã, queimareis no fogo.
E até a forma de como deveriam comer foi dita:
1 - Os vossos lombos cingidos;
2 - os vossos sapatos nos pés;
3 - e o vosso cajado na mão;
4 - e o comereis apressadamente;

Esta é a páscoa do Senhor!!!!!

Um cordeiro foi morto e seu sangue foi aspergido nos umbrais das portas para que o anjo da morte não matasse os israelitas.

Você pode dizer, mas isso foi há muito tempo, o que é que tem haver comigo?
O Antigo Testamento mostrava através de símbolos e profecias como deveria ser no Novo Testamento.

Hoje muitas pessoas estão escravas e não sabem disso, como diz em "Respondeu-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo que todo aquele que comete pecado é servo do pecado." Jo 8.32
E da mesma forma como faraó escravizou os israelitas no antigo Egito, hoje Satanás tem escravizado muitas pessoas. Assim como faraó não quis libertar o povo, Satanás não quer libertar o povo que está cativo em suas mãos.
Porém, assim como Deus viu a aflição do povo no Egito, Deus também contempla a aflição daqueles que estão escravizados pelo pecado, Jesus certa vez disse: "E, vendo as multidões, teve grande compaixão delas, porque andavam cansadas e desgarradas, como ovelhas que não têm pastor." Mt 9.36
Como Moisés viveu no Egito, foi ao deserto e retornou para livrar o povo, Jesus se tornou carne, foi ao deserto e retornou para livrar a todos aqueles que aceitarem o convite para saírem do Egito (mundo de pecado).
Mas este livramento não foi tão fácil assim, no Antigo Egito, um bezerro foi morto para que por seu sangue os israelitas fossem libertos. Hoje não foi só um bezerro que morreu.
Jesus é o cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo!
Quando Jesus disse na cruz: ESTÁ COMSUMADO!
Ele estava dando liberdade a todos que quiserem sair do mundo de pecado.
Bem, você pode dizer, mas de que Jesus me livrou? Da morte eterna!
Deus, através de Jesus liberta a todos que aceitarem seu convite para sair do Egito (mundo de pecado) e ir morar em Canaã (o Céu).
Pois está escrito: "Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres. " João 8.36

A Páscoa e um momento de libertação!

Jesus te abençoe em Cristo!

Nenhum comentário: