sexta-feira, 13 de abril de 2012

“Qual a sua posição diante da crucificação de Cristo?” Parte 5


Paz e graça aos amados irmãos, vamos para a penúltima postagem sobre este tema “Qual a sua posição diante da crucificação de Cristo?”.  Acredito que muitos receberam uma mensagem de graça nestas postagens, que Deus continue lhes abençoando em Cristo. Então vamos lá. 

Respondendo, porém, o outro, repreendia-o, dizendo: Tu nem ainda temes a Deus, estando na mesma condenação? E nós, na verdade, com justiça, porque recebemos o que os nossos feitos mereciam; mas este nenhum mal fez. E disse a Jesus: Senhor, lembra-te de mim, quando entrares no teu reino.” Lc 23.40-42

No momento da crucificação, enquanto o povo ficava olhando insensivelmente, os príncipes do povo estavam zombando e os soldados escarneciam. Havia ainda  um dos malfeitores que estava sendo crucificado do lado de Jesus, não reconheceu que ali estava o Rei e não agarrou a oportunidade de se arrepender e ter a vida eterna. Porém estes não eram os únicos que estavam no momento da crucificação, havia do outro homem lado de Jesus Cristo, um segundo malfeitor, este também fora julgado e condenado por seus atos, igualmente ao primeiro malfeitor ele estava sendo crucificado e iria morrer em decorrência de seus atos, mas algo aconteceu naquele momento que fez com que ele repreendesse aquele primeiro malfeitor, este outro, o segundo REPREENDIA-O.  

Repreender alguém segundo o dicionário Aurélio online é: censurar, criticar, exprobar, objurgar, reprochar, verberar e vituperar, se você não entendeu ainda eu te explico. Aquele outro ladrão deu um baita carão no primeiro e em seguida uma lição de amor e temor a Deus, pois ele falou “Tu nem ainda temes a Deus, estando na mesma condenação?”
 
No momento da morte é comum nos desesperarmos, mas estando perto de Jesus sempre haverá uma esperança, enquanto um blasfemava e perdia a oportunidade de uma vida eterna, o outro malfeitor estava tomando uma atitude de vida eterna, ou seja, ele se arrependeu “E nós, na verdade, com justiça, porque recebemos o que os nossos feitos mereciam; mas este nenhum mal fez.” Queridos leitores, eu não sei o que levou este homem a tomar esta decisão, não sei se foi à placa que dizia que ali na cruz central estava “O Rei dos Judeus”, eu só sei de uma coisa, houve um arrependimento.

Esta é a atitude de quem quer realmente ter uma segunda chance para recomeçar, aquele malfeitor estava à beira da morte e certamente não poderia desfrutar mais de sua vida terrena e sabendo de sua condição ele não pediu para descer da cruz como fez o outro, ele não pediu para livrá-lo de seu castigo, pois sabia que sua condenação era justa, ele simplesmente pediu para ser lembrado, “lembra-te de mim”. Quem realmente quer mudança de vida precisa se chegar a Cristo de forma humilde e se arrepender.

Queridos leitores, hoje é difícil alguém reconhecer seus erros, as pessoas não querem reconhecer que são pecadoras e como o primeiro ladrão querem se livrar de seus problemas atuais e continuar com sua vida de erros. Mas há aqueles que realmente querem uma segunda chance para uma nova vida, e esta é a proposta de Cristo quando em 2 Coríntios  5 e 17, Paulo diz: “Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo.

É difícil entender, mas aqui a uma realidade muito dura para alguns, há dois pecadores, dois réus confessos, porém um irá para o inferno e o outro para o céu, então vem uma pergunta, por quê? Porque Deus salva uns pecadores e outros Ele manda pro inferno? Veja bem, Deus não manda ninguém para o inferno, as pessoas escolhem ir para lá pelos seus atos. O homem de nossa história, o segundo malfeitor se ARREMPEDEU e CREU, pois ele disse: “Senhor, lembra-te de mim, quando entrares no teu reino.” Veja bem, ele chamou Jesus de SENHOR e pediu para ser lembrado quando Jesus estivesse no seu REINO, isto é, ele creu que Jesus era o Rei prometido, apesar deste Rei estar morrendo em uma cruz, mas Ele era Rei, até Pilatos colocou uma placa dizendo isso, então aconteceu o que está escrito em João 5.24 “Na verdade, na verdade vos digo que quem ouve a minha palavra, e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna, e não entrará em condenação, mas passou da morte para a vida.”
 
Um pecador perdido de lado de um pecador salvo, querido a decisão é sua, ambos tiveram a mesma oportunidade, mas um desperdiçou por não se arrepender o outro agarrou uma oportunidade eterna, pois ele pediu apenas para ser lembrado e Jesus respondeu assim “E disse-lhe Jesus: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no Paraíso.” Lc 23.43

E você amigo visitante deste blog? Que posição você tem tomado diante da crucificação de Jesus Cristo?

Um comentário:

Lucas Antônio disse...

Paz do Senhor querido! Estou com um novo blog: adjardimpaulistaalto2.blogspot.com.br - Aguardo a sua honrosa visita e seguimento! Saudações em Cristo Jesus!