terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Jacó de enganador á conselheiro - Por Madalena Gama

“Então disse Jacó à sua família, e a todos os que com ele estavam: Tirai os deuses estranhos, que há no meio de vós, e purificai-vos, e mudai as vossas vestes. E levantemo-nos, e subamos a Betel; e ali farei um altar ao Deus que me respondeu no dia da minha angústia, e que foi comigo no caminho que tenho andado.” Gn 35.2-3

A transformação do caráter é algo que só Deus através do Espírito Santo pode fazer na vida de um homem.

Jacó era enganador, frio, calculista, mas ao ter encontros com Deus, não desperdiçou-os, ele ouviu a Deus, se arrependeu e deixou que Deus tomasse a direção em todas as áreas de sua vida (Trabalho, rebanhos, posses, família e parentes).

Agora, Jacó se encontra com seu coração transformado e O Senhor  muda também o seu nome, antes Jacó, enganador, agora Israel, por ordem divina, agora é príncipe de Deus (Gn 32.28).

E através, não de Jacó e sim Israel, o povo se converteu, tirando os deuses que estavam no meio de seu povo e passando adorar ao único e verdadeiro Deus, digno de toda a adoração. Este temor de Jacó contagiou a todos os povos vizinhos, sendo assim proclamado O Deus dos céus e da terra.

A mudança de Jacó é vista pelos seus quando o antigo enganador agora príncipe de Deus aconselha os seus “Então disse Jacó à sua família, e a todos os que com ele estavam: Tirai os deuses estranhos, que há no meio de vós, e purificai-vos, e mudai as vossas vestes. E levantemo-nos, e subamos a Betel; e ali farei um altar ao Deus que me respondeu no dia da minha angústia, e que foi comigo no caminho que tenho andado.” Gn 35.2-3


Nenhum comentário: