sábado, 13 de agosto de 2016

Poema "O Pai e eu"


Feliz Dia dos Pais, a todos os visitantes do nosso espaço de fé. Hoje quero parabenizar aos pais com um poema de minha autoria.


Espero que gostem.


O Pai e eu

Marcos Gama e Levi Gama



Quando eu estava no ventre materno,
Sem saber nada do destino meu...
Sempre sentia alguém perto.
Era o pai e eu.


Quando os primeiros dentinhos nasceram.

Eu tentei mastigar e muito me doeu.

Alguém me acalentava.
Era o pai e eu.


Quando os primeiros passos dei.

Levantando e caindo no mundo meu.

Senti alguém me ajudando.
Era o pai e eu.


Quando minha primeira bicicleta eu ganhei.

Muita alegria, e o prazer me envolveu.

Alguém estava comigo na aventura.
Era o pai e eu.


Quando por alguém o meu coração se encheu.

Sentimentos diferentes alimentaram o meu.

O meu mundo se ampliava com a ajuda de alguém.
Era o pai e eu.


Quando meu primeiro emprego consegui.

de novidades minha vida se envolveu.

Notei alguém me orientando.
Era o pai e eu.


Quando meu primeiro filho tomei.

De amor se encheu o mundo meu.

Ouvi os conselhos de alguém.
Era o pai e eu.


Quando as coisas ficaram difíceis.

E falava ... O meu mundo se perdeu.

Senti alguém me incentivando.
Era o pai e eu.


Quando os meus cabelos estavam embranquecendo.

E precisava do alento seu.

Senti a falta de alguém
Mas agora só era eu.


Quando a história parecia ter fim.
Um outro alguém apareceu.

Senti um conforto na alma.
Agora era meu filho e eu.


Nenhum comentário: