sábado, 27 de agosto de 2016

Série Crescimento Espiritual - Princípios de nossa Salvação

“E dará à luz um filho e chamarás o seu nome JESUS; porque ele salvará o seu povo dos seus pecados.” Mt 1.21

Apesar de todas as bênçãos que O senhor Jesus Cristo diuturnamente nos outorga, a maior de todas sem dúvida é a maravilhosa salvação concedida a nós no calvário.

A salvação que é dom gratuito de Deus (Ef 2.8-10), conquistado por Cristo está fundamentado em alguns princípios que são basilares para a verdadeira fé em Cristo e são estes princípios que estaremos apresentando aqui.

1.      Como ouvirão se não há quem pregue (Rm 10,14).
O primeiro princípio de nossa tão grande salvação é ouvir o Evangelho. A única forma de conhecermos e desfrutarmos de uma tão grande salvação é ouvindo o Evangelho de Cristo. Ao sermos confrontados com as verdades eternas de Cristo, O Espírito Santo nos conduz a uma compreensão acerca de nossa real condição espiritual, a qual pela fé aceitamos a graciosa bondade do Senhor de nos dar seu perdão pelo sacrifício de Cristo. Este é o Evangelho.
Estas preciosas informações devem ser anunciadas por aqueles que já desfrutam destas verdades maravilhosas, aos que necessitam ainda de receberem esta maravilhosa graça.

2.      Quem crer em Cristo como diz as Escrituras (Jo 7.38).
Há muitos pregadores e ensinadores em nossa geração, com doutrinas para todos os gostos e desejos, este deveria ser um alerta para nossa geração, mas infelizmente por não conhecermos As Escrituras não lembramos do que Paulo escreveu a Timóteo I Tm 4.1; II Tm 4.1-5, ou seja, as pessoas não iriam mais suportar a sã doutrina, teriam comichão nos ouvidos e escutariam doutrinas de demônios.
Nossa fé em Cristo deve estar de acordo com As Escrituras, caso contrário não devemos receber. O Evangelho tem como objetivo a salvação e as demais coisas serão ACRESCENTADAS Mt 6.33.

3.      Arrependei-vos, pois e convertei-vos (At 3.19).
Ao ouvir O Evangelho é necessário que tomemos uma posição espiritual a estas informações como disse Paulo em Ef 1.13 “Em quem também vós estais, depois que ouvistes a palavra da verdade, o evangelho da vossa salvação; e, tendo nele também crido, fostes selados com o Espírito Santo da promessa; A Palavra do Senhor nos leva a reflexão e está ao Arrependimento, posteriormente este arrependimento deve me conduzir a uma conversão, ou seja, uma mudança de vida promovida pelo Senhor.

4.      Justificados, pois mediante a fé (Rm 5.1).
O processo de salvação prossegue até a JUSTIFICAÇÃO, onde o homem agora de posse do presente da salvação é apresentado diante do tribunal eterno e O Justo Juiz de nossa vida declara-nos JUSTOS pelo Sangue de Cristo e nos promove a paz por este Ato.
A partir de então se cumpre o que diz Paulo em Rm 8.1 “Portanto, agora, nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus.

5.      Aquele que está em Cristo nova criatura é (II Co 5.17).
Quem ESTÁ EM CRISTO tem todos os seus pecados perdoados e logo não podem sofrer condenação nenhuma, pois toda a dívida foi para A VISTA no calvário.
Este sacrifício tem total validade e alcance como diz João em sua primeira carta “Mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo o pecado.
I Jo 1.7

6.      Na casa de meu Pai há muitas moradas (Jo 14.1-5).
Herança é o que nos aguarda. Além de todas as promessas e benção outorgadas a nós por Cristo, um lugar nas moradas celestiais é uma das maiores promessas que nos aguarda.
Somos herdeiros de Deus e co-herdeiros com Cristo de todas as bênçãos espirituais. Há uma vida eterna nos céus para você “Na verdade, na verdade vos digo que quem ouve a minha palavra, e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna, e não entrará em condenação, mas passou da morte para a vida. Jo 5.24

Esses são estes princípios que a meu ver são necessários para que tenhamos uma certeza de salvação. Podem haver outros que cataloguem outros princípios, mas é inegável o que ora foi exposto com seus fundamentos bíblicos e conceituais.

Paz do Senhor,


Nenhum comentário:

Postar um comentário